FUNFFEC: O VALOR DE UMA ESTRUTURA SINGULAR

FUNFFEC -0171

“A Fundação Francisca Fernandes Claudino se posiciona, não à toa, de forma deslocada, horizontalizada, para que sua beleza não ofusque, bruptamente, os olhos vagueantes”. Talvez, esse detalhe aponte algumas direções interessantes para se discutir.

A primeira é o fato de que, diferenciadamente, a FUNFFEC tem evoluído bastante sem perder o norte de suas raízes, de seus valores históricos. Um exemplo clássico disso é a sua arquitetura: tradicional, forte, imponente, uma marca identitária.

Outra questão é a sua lateralidade. Organizações que conseguem, até certo ponto, desprender-se dos exageros da hierarquização, da burocracia e da centralização conseguem ser mais feedbackianas e preparadas a atuar na dinâmica moderna.

Um terceiro ponto sobre o seu deslocamento pode ser interpretado como um aspecto positivo quando observamos na mudança contínua, no diferente, um elemento importantíssimo para adequação às novas exigências do jogo social, bem como das novas expectativas que as pessoas esperam.

Criatividade até em sua territorialidade.  Vejam toda organização necessita desse instrumento em meio a tanta concorrência e busca de serviços de excelência. Enfim, ser criativo é uma vantagem diferenciadora e a FUNFFEC tem demonstrado isso!

Ao mesmo tempo, como sugere sua estruturalidade singular, consegue enxergar em várias direções em busca do sucesso e da efetividade de sua missão aliada a propósitos bem firmes e delineados. Vejam só, até mesmo o posicionamento de uma Organização sugere muito para olhos observadores, sugere muito sobre quem está por trás!

Por Antonio Roberto Fernandes do Nascimento.